MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
08/10/2015
REVIEW - DVD: TOMORROWLAND - UM LUGAR ONDE NADA É IMPOSSÍVEL
 
 
Tomorrowland: Um Lugar Onde Nada é Impossível
 
 
 
 
 
 
 
 


Eu sempre brinco que, de alguns anos pra cá, a Disney tem uma triste tradição: seu grande fracasso anual. Um filme bom, ou pelo menos bem atrativo, que falha nas bilheterias. E, em 2015, parece que o representante desta categoria é Tomorrowland: Um Lugar Onde Nada é Impossível (Tomorrowland).

Baseado numa atração dos parques da Disney, que também foi explorada no clássico programa Disneylândia, o filme é uma ficção científica leve, bem ao estilo das produções do estúdio em sua era de ouro, mas sem ser tão piegas como elas eram, conseguindo inserir mais ação e humor.

A protagonista é Casey Newton (Britt Robertson), uma garota genial que de repente se vê arrastada para uma aventura pelo futuro da Terra, tendo como aliado o inventor desiludido Frank Walker (George Clooney).

O filme não merece o aperto que passou nas bilheterias americanas. Mesmo com seu roteiro simples é cativante, com uma história inteligente, fazendo um paralelo certeiro entre o futuro que era esperado antigamente, sempre brilhante e otimista, com o futuro negro que as produções de hoje em dia costumam apresentar, sempre indo por caminhos apocalípticos.

O elenco está um tanto no automático, casos de Clooney e Hugh Laurie, que interpreta Nix, figura importante em Tomorrowland. Isso não chega a ser um problema, afinal são dois atores que se saem muito bem mesmo quando estão sendo óbvios. O destaque mesmo é Robertson, que consegue brilhar com seu enorme carisma, sem ser ofuscada por atores de renome, embora pareça o tempo todo estar interpretando outra personagem, a Amy Pond do seriado Doctor Who, vivida por Karen Gillan, com quem divide todos seus trejeitos e linguagem corporal.

Talvez prejudicado pelo excesso de segredo em sua divulgação, Tomorrowland muito provavelmente foi certeiro demais em sua crítica à visão pessimista atual do futuro. Parece que o público, em sua maioria, simplesmente se tornou cínico demais, "invulnerável" às ideias otimistas desenvolvidas na produção.

Elenco: Britt Robertson, George Clooney, Hugh Laurie. Direção: Brad Bird.

Leonardo Vicente Di Sessa é jornalista e crítico de tudo relacionado à cultura pop. Além de colaborar com o HQ Maniacs, mantém também o Fala Animal! - http://fala-animal.blogspot.com.br -, blog sobre quadrinhos, cinema e seriados.

Veja também:
- Galeria com 17 imagens do filme
- Notícias, vídeos e notas de produção de Perdido em Marte
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil